Boletim sobre o mercado de trabalho em New Brunswick – Primeiro trimestre 2017 6


O boletim sobre o mercado de trabalho em New Brunswick – Primeiro trimestre 2017 está disponível aqui.

Ele informa que o número de vagas “part-time” diminuiu mas que houve um aumento na vagas “full-time”. Além disso a taxa de desemprego caiu 0.6 pontos percentuais trazendo o índice de desemprego para 8.7%, o menor nos último 7 anos. No entanto, como 4.600 pessoas deixaram a força de trabalho (pessoas que se aposentaram, por exemplo), o declínio da força de trabalho refletiu uma queda de 0.6% na taxa de participação. A taxa de participação é o percentual de pessoas que fazem parte mercado de trabalho, criança e aposentados por exemplo, não são considerados neste grupo.

Por Indústria

O relatório também informa que o setor de produção de serviços foi inteiramente responsável pelo declínio dos empregos no primeiro trimestre de 2017, com perdas de emprego espalhadas entre: Outros serviços (-2.500), Comércio (-1.900), Informação, cultura e recreação (-900 ) e Transporte e armazenagem (-600).
Contribuindo com ganhos saudáveis nos números de empregos os setores: Saúde e assistência social (+1,200) e Serviços profissionais, científicos e técnicos (+1,100). Além disso, ganhos menores de emprego no setor de Produção de bens foram suportados por um aumento saudável de 1.000 vagas na Construção, enquanto o setor de Fabricação caiu umas 900 vagas comparando o mesmo período.

Por Região

Na minha opinião a análise mais interessante do relatório é a por região:

  • Campbelton-Miramichi – Após vários anos de deterioração, as condições do mercado de trabalho estabilizaram um pouco na região econômica de Campbelton-Miramichi. Na análise ano-a-ano o índice de emprego permaneceu praticamente inalterado no primeiro trimestre. Enquanto a taxa de desemprego caiu 1.4 pontos percentuais ao longo desse período, ela permanece elevada em 17.2%, que é facilmente a mais alta da província.
  • Moncton-Richibucto – Foi a única região econômica a registrar perdas de empregos no ano passado. A taxa de desemprego subiu 0.7 pontos percentuais, atingindo 9.8% no trimestre. De um modo mais geral, não há fatores reais que sugiram qualquer deterioração grave no mercado de trabalho da região em breve, visto os numerosos projetos de investimento atualmente em curso.
  • Saint John-St. Stephen – Durante o último ano, as condições do mercado de trabalho melhoraram consideravelmente na região econômica de St. John-St. Stephen. O aumento de 6.2% na taxa de emprego durante o último ano, faz da região a líder em crescimento. Porém vale considerar que o ponto de referência da análise – o primeiro trimestre de 2016 – coincidiu com o fechamento inesperado da “Potash mine” em Sussex e as demissões associadas
  • Fredericton-Oromocto – O aumento de 2.7% no emprego na região econômica de Fredericton-Oromocto é encorajador, a região apresenta o mercado de trabalho mais saudável da província. A cidade de Fredericton é o lar de vários grandes empregadores, incluindo muitos escritórios do governo provincial e federal e duas grandes universidades.
  • Edmundston-Woodstock – A taxa de emprego permaneceu inalterada na região de Edmundston-Woodstock ano-a-ano no primeiro trimestre de 2017. A taxa de desemprego, que vem diminuindo gradualmente há algum tempo, caiu 1.1 ponto percentual para 8.4% no primeiro trimestre. O declínio da taxa de desemprego ao longo dos últimos anos tem sido impulsionado principalmente por uma diminuição da força de trabalho.

O artigo sobre o Mercado de trabalho em NB também contém informações sobre os emprego na região.

Deixe um comentário

6 Comentários em "Boletim sobre o mercado de trabalho em New Brunswick – Primeiro trimestre 2017"

Notificar
avatar
Welington
Visitante

Muito bom texto como sempre. Organizado e atual. Parabéns
Estou sempre acompanhando.
Abraço

Rafael
Visitante

Muito bom obg estava procurando por esses dados..

Anne Castro
Visitante

O que se vê no cotidiano de Moncton é uma preocupação referente a essa taxa de desemprego? Ou é ainda assim considerada “irrelevante”? Em outras palavras, quem pretende ir morar em Moncton, deve se preocupar?

wpDiscuz