Mudança de apartamento em Moncton 13


Semana passada, depois de um ano no Canadá, nos mudamos para um novo apartamento, ainda em Moncton. Relembrando, nosso primeiro apartamento foi um “basement” (porão) de um dormitório que encontramos no dia seguinte a nossa chegada.

O contrato foi assinado na hora, sem grande burocracia. Depois o “landlord” (locador) registrou esse contrato no órgão responsável e recebemos correspondência confirmando a nossa inscrição como inquilinos. É importante ter esse registro para qualquer caso de disputa. Como é padrão por aqui, entregamos o valor do aluguel adiantado e um depósito no valor do aluguel, a ser devolvido no fim do contrato se o apartamento estiver nas mesmas condições em que foi entregue.

wp_20160930_21_13_01_pro

Primeiro apartamento em Moncton

O que mais nos atraiu na época foi o tipo de contrato com que eles trabalhavam, o “month-to-month”, ou seja, sem contrato de um ano, bastando, para sair, dar o aviso prévio de um mês . Alugando um dia depois da chegada, sem conhecer nada da cidade, nem do país, era difícil ficar confiante para um contrato de um ano. Outro fator foi o valor acessível e com todas as contas inclusas. Chegamos em setembro e sabíamos que logo viria o inverno e a conta de luz é bem alta por causa dos aquecedores.

Eles tem que manter tudo funcionando. Tivemos duas experiências em que foi preciso manutenção: uma com o chuveiro no início, e outra no meio do contrato em que o fogão estragou.  O proprietário consertou sem problemas.

O valor inicial era de $700, com tudo incluso. A nossa ideia foi ficar seis meses, mas depois decidimos continuar por um ano, principalmente porque conseguimos renegociar e fechar por $600 pelos 6 meses seguintes.

No dia da saída, íamos marcar uma hora com o proprietário, mas como as agendas não estavam fechando, limpamos o apartamento e combinamos de deixar a chave na caixa de correspondência do proprietário. Ele foi vistoriar no dia seguinte e ficou tudo acertado. A forma de recebimento do depósito é pelo Service New Brunswick, o orgão responsável pelos serviços provinciais, incluindo trânsito e o sistema de saúde. Eles pagam para o SNB e nós fazemos uma requisição para sacar o dinheiro. Interessante como umas etapas são tão informais e outras tão bem organizadas.

A mudança fizemos por conta própria, até porque não mantemos uma estrutura muito grande. Aqui existe um serviço de vans para aluguel por um dia. A que nós escolhemos está nas fotos abaixo. Com gasolina e taxas, rodando uns 30km, saiu em torno de $35 por um dia. Não precisamos pagar seguro, pois o nosso seguro do carro cobre carros alugados.

wp_20160928_19_03_03_pro

Nosso antigo prédio no centro de Moncton

No novo apartamento, o processo de entrada foi muito parecido. Mais uma vez não foi exigido nenhum comprovante, apenas a nossa palavra, um documento e a nossa assinatura no contrato. A grande diferença é que agora passamos a conta de energia para o nosso nome.

A NB Power é a concessionária local. O processo foi um telefonema e no outro dia a ligação estava feita. Eles trabalham, se a pessoa quiser, com uma conta equalizada, em que paga-se um valor fixo todos os meses. Esse valor é a concessionário que determina, baseado na média das contas anteriores. No verão esse valor é acima do consumo, mas no inverno fica bem abaixo. Assim a pessoa evita de ter um gasto mensal muito alto durante os meses frios, já que aquecedores, água quente, fogão e lavadora de louças são todos elétricos.

Transferir a conta de internet com a empresa Rogers foi ainda mais simples. Liguei para questionar se o nosso serviço estaria disponível (70Mbps fibra) naquele endereço. O atendente me disse que toda Moncton tem disponibilidade de até 250MB! E como já havia uma ligação anterior da Rogers no local, não foi necessária visita de um técnico, bastou levar o meu modem, conectar e sair usando normalmente.

wp_20161007_08_11_22_pro

Trajeto da nova casa até a faculdade (durante o outono)

Esse apartamento é um pouco mais afastado do centro, mas nossos tempos de deslocamento acabam sendo parecidos, pois contamos com a rodovia (anel viário) para ir ao trabalho ou a faculdade. O que piora muito é o transporte público. Há ônibus para o centro, mas agora  a dependência do carro agora aumentou muito (entrando no padrão canadense!).

Agora é curtir o visual do novo bairro, muito mais atraente que no centro da cidade.

img_0070r

Pra ver como era esse nosso primeiro apartamento em Moncton, dá uma olhada no vídeo que está no ar no nosso Canal no Youtube!

Veja mais fotos e relatos em:

Onde morar e como alugar um imóvel em Moncton

Quanto custa viver em New Brunswick, Canadá

E muito mais sobre a vida no Canadá em vídeos no Canal do Black Flamingoes e na nossa página no Facebook!

Deixe um comentário

13 Comentários em "Mudança de apartamento em Moncton"

Notificar
avatar
Evelin
Visitante

Show de Bola!!! Cada vez melhor o blog! E estou adorando os videos também! 🙂

Mauro
Visitante

Muito sucesso na nova moradia! Passei a acompanhar seu blog por ser muito interessante, útil e direto ao ponto. Eu e minha familia estamos planejando ir para NB também. Se tudo der certo seremos vizinhos! 😉

Valmir
Visitante

Amei as cores de outono! Sejam muito felizes na casa nova!

Felipe
Visitante

Olá tudo bem?

Tem algum email para trocarmos algumas informações sobre New Brunswick?

Obrigado

Roger
Visitante

Achei razoável o valor do basement, ainda mais sendo um com as janelas até que grandes.
Em breve vamos pedir sua consultoria de realocação residencial pra achar uma moradia inicial affordable e boa desse tipo. 😀

Kalyane Rocha
Membro

Que imagem linda… Parabéns e boa sorte na nova casa…

Ale
Admin

Muito obrigada Kalyane!! 🙂

wpDiscuz