Processo de aplicação do visto canadense 9


Recebemos a carta de aceite da faculdade no dia 7 de julho de 2015 para o curso que iniciaria no dia 8 de setembro de 2015, ou seja, 2 meses antes. Com a resposta assim em cima da hora, ficamos em dúvida, pois o prazo era muito curto para emissão do visto. Tínhamos apenas 2 meses, mas resolvemos arriscar. Iniciamos então o processo de aplicação do visto canadense.

O processo para emissão do visto pode ter várias etapas, dependendo dos documentos enviados, tipo e validade do visto solicitado e país de origem. O governo pode exigir todas ou algumas das etapas abaixo:

  • Aplicação e pagamento da taxa
  • Exame médico
  • Atestado de bons antecedentes
  • Dados biométricos
  • Entrevista
  • Retorno dos documentos

Fizemos a aplicação no mesmo dia para garantir e o processo levou 6 semanas para ser concluído, ou seja, duas semanas antes da viagem.apply-online-eng

O primeiro passo foi acessar o site da imigração e submeter a aplicação online. É possível verificar a elegibilidade para a aplicação online através da ferramenta disponível neste link. Verificamos o tempo médio de processamento de visto online do VAC – Visa Application Office de São Paulo, e descobrimos que o visto de estudante estava demorando em média 6 semanas e o de trabalho 8 semanas.

Neste momento enfrentamos mais um momento de dúvida: Aplicamos juntos ou separadamente?

O acompanhante não precisa efetuar a aplicação para o visto no mesmo momento que o aplicante principal. O governo irá questionar o motivo pelo qual o acompanhante fez a aplicação depois, mas desde que se tenha toda a documentação e uma justificava para entrada no país separadamente é possível solicitar a emissão do visto em datas distintas. Nossa principal dúvida era o prazo para emissão do visto de trabalho. E se esse demorasse muito e perdêssemos a passagem? O college permitiria o inicio do curso atrasado?

Enviamos um email pro college questionando qual seria a tolerância em caso de atraso na emissão do visto e, sem ter tempo de esperar um retorno, decidimos aplicar juntos.

Criamos a conta no MyCIC e submetemos todos os documentos digitalizados. Nós enviamos os formulários preenchidos, mais a documentação a seguir:

  • Certidão de União estável + tradução juramentada + Statutory Declaration of Common-Law Union
  • IELTS
  • Carta de aceite da escola
  • Confirmação de pagamento do curso
  • Passaportes
  • Fotos
  • Extratos bancários
  • Seguro de saúde

Sobre a união estável: para evitar retrabalho, mesmo tendo uma certidão de união estável e tradução juramentada, nós submetemos também o formulário oficial solicitado pelo governo, o IMM5409E – Statutory Declaration of Common-Law Union. Este documento deve conter os dados da união estável e ter firma reconhecida, sendo assim nós o preenchemos com os mesmo dados e datas de nossa certidão de união estável e formos até um tabelionato fazer o reconhecimento de firma. Chegando no tabelionato, em que já tínhamos cadastro, explicamos que tratava-se de um documento solicitado pelo governo Canadense e após dar todos os detalhes necessários, eles fizeram o reconhecimentos das firmas prontamente.

 No final do processo devem-se pagar as taxas para ambos os vistos com cartão de crédito. Em nosso caso, pagamos C$150 para emissão do visto de estudante e C$255 para emissão do visto de trabalho. Feito isso, aguardamos a resposta.

Welcome to Canada Sign

Aproximadamente duas semanas depois de enviarmos tudo, recebemos o retorno informando que era necessário fazer o exame médico. Este exame só pode ser realizado por médicos conveniados com o governo Canadense e, na região sul do Brasil, existe apenas 1 médico conveniado. Bom, dito isso, já era possível imaginar que não seria barato: pagamos, por pessoa, R$350,00 pela consulta + R$350,00 pelos exames.

A consulta foi marcada rapidamente, em torno de 2 dias. Fomos na consulta e, de lá, direto para o laboratório realizar o exame de sangue e de urina supervisionado (sim a enfermeira fica olhando tu fazer xixi no potinho) e depois ao centro de diagnóstico de imagem conveniado para realizar o raio-X do pulmão.

O resultado vai pro médico que, por sua vez, informa o resultado diretamente ao VAC responsável. Esse processo demora mais uma semana.

Aguardamos então o próximo passo. Aproximadamente 5 semanas após submetermos a solicitação online, recebemos um email solicitando o envio dos passaportes. Foi um alívio. Os dois vistos seriam emitidos juntos e em tempo para embarcar na data prevista.

Efetuamos o depósito em dinheiro, na boca do caixa em uma agência do Santander, referente a taxa de manuseio do passaporte +  taxa de retorno do passaporte (aproximadamente R$150 pessoa) e enviamos os passaportes por Sedex.

Exemplo visto Canada

Exemplo visto Canadá

Recebemos os passaportes na semana seguinte: 6 semanas após a aplicação e 2 semanas antes do voo. Pra ficar mais tranquilo o ideal é aplicar pelo menos 6 meses antes, pois assim ficou muito arriscado. Para isso, é necessário aplicar no college uns 4 meses antes, totalizando 9 ou 10 meses de antecedência para o início do curso.

Deixe um comentário

9 Comentários em "Processo de aplicação do visto canadense"

Notificar
avatar
Felipe
Visitante

Olá, tudo bem?

Primeiramente gostaria de me apresentar, sou Felipe, sou de São Paulo e estou estudando para emigrar para o Canadá.

Parabéns pelo trabalho de vocês, a qualidade de detalhes e informações é excepcional. Está me ajudando muito.

Eu tenho uma dúvida em relação ao IELTS. Você sabe me dizer qual é a nota mínima necessária? Se eu não tiver o IELTS eu não sou aceito na NBCC?

Outra dúvida, ouvi dizer que existem bibliotecas que ajudam os emigrantes a se familiarizarem com o idioma. Na cidade que vocês estão existe este programa? A universidade possui algum núcleo da familiarização com o idioma?

Obrigado.

Abraços.

Att,
Felipe Genovez

Vinicius P.
Visitante

Ola, gostaria de agradecer pelas explicações sobre o visto. Sou Vinicius do ES e estou com a intenção de imigrar para o Canada, porem me veio a duvida. Vocês não precisaram enviar comprovantes de residencia e etc para poder comprovar a união estavel? Eu devo ir para toronto em março/2017 e minha namorada só vai em setembro, por isso estamos fazendo estes documentos para ja ir adiantando, mas vi em alguns sites que pessoas precisaram comprovar que moravam juntos e etc.

Daniel
Editor

Olá Vinícius, blz? Nós não precisamos enviar nada extra para confirmação da união estável. Somente o certificado, feito em cartório. Vcs tem a união estável regitrada?
Até onde eu sei só o certificado de união estável, com tradução juramentada, é o suficiente. Mas se tiver outras provas, tipo comprovante de residência ou contas conjuntas em banco por exemplo, não custa nada mandar junto.
Na dúvida, na hora de tirar o visto, sempre é válido colocar uma carta de explicação junto, dizendo porque está enviando da forma X ou Y, e se comprometendo a enviar qualquer outra prova se necessário.
Abraço

Mariana
Visitante

Olá, boa tarde!
Primeiramente gostaria de dizer que estou muito feliz com as novas postagens e com as informações atualizadas sobre o inverno. rsrsrs Adorei que estão ativos no instagram. Por favor, não deixem de postar. 😉
Olha só, tenho uma dúvida sobre o pedido do visto. No site da imigração eles mencionam que é necessário um comprovante de retorno ao Brasil, como passagem de volta, consulta médica etc. Por acaso vocês tiveram que enviar algo assim?
Quanto às passagens, vocês preferiram comprar mesmo sem a resposta sobre o visto? Não parecia meio arriscado? rsrs Será que para quem já morou fora fica mais fácil a concessão do visto ou não tem nada a ver?

Já aproveito para desejá-los um feliz 2017! Obrigada sempre pelo ótimo serviço prestado com os vídeos, os textos, as fotos. Espero que possamos nos conhecer pessoalmente no próximo ano.
Um grande abraço!

Daniel
Editor

Oi Mariana, Obrigado!
Vc está aplicando para visto de estudante também?
Nós compramos antes de visto, achamos arriscado, mas estávamos sem muita opção naquele momento. Se deixássemos pra comprar em cima da hora o preço das passagens seria absurdo. O bom é aplicar com bastante antecedência. O fato de ter morado fora eu acho que não afeta, acho que eles se preocupam mais com provas de fundos.
Abraço!

Rodrigo
Visitante

Mais uma vez, parabéns pelo blog!
Uma duvida, na hora da aplicacão do visto vocês escolheram um de estudante e um de trabalho certo?
Estou indo também com minha filha de 1 ano, qual seria o visto dela?

wpDiscuz