Profissões regulamentadas em New Brunswick Canadá


Profissões regulamentas e o medo de perder anos de estudo é uma dúvida bem frequente; vamos tentar esclarecer como funciona o reconhecimento de um diploma internacional no Canadá.

Primeiramente é importante lembrar que a lista de profissões regulamentadas pode variar dependendo da província. No caso de New Brunswick, se você quer praticar uma das diversas profissões regulamentadas, é necessário ser certificado ou licenciado pela autoridade reguladora da função (também conhecido no Brasil como o conselho da profissão). A autoridade reguladora é uma organização, geralmente provincial, responsável por assegurar que os membros da profissão sigam as regras estabelecidas pela legislação. Isto inclui certificar-se de que os trabalhadores satisfazem todos os requisitos necessários e seguem os padrões ocupacionais da função. Em geral, as normas são estabelecidas para proteger a saúde e segurança do público, ou o meio ambiente. Exemplos de profissões regulamentadas incluem contadores, engenheiros, médicos e advogados.

Um dos primeiros passos para se tornar certificado ou licenciado em New Brunswick é obter a equivalência das qualificações estrangeiras. Ou seja, tendo um diploma brasileiro, pode ser possível aproveitar a formação obtida no Brasil aqui no Canadá. Para isso é necessário primeiro fazer o “Educational Credential Assessment – ECA” (a equivalência do diploma); este certificado é o suficiente para ser considerado um profissional graduado na área; Vale lembrar que ser formado na profissão não é o mesmo que ser um profissional certificado/licenciado pela autoridade reguladora da função – ou o conselho da profissão – mas o primeiro passo para obter o registro é providenciar a equivalência do diploma.

A imagem abaixo ilustra o sistema de educação no Canadá.

Fonte: Council of Ministers of Education, Canada. cmec.ca

O resultado da equivalência pode variar conforme a duração do curso realizado, conteúdo programático, carga horária e instituição de ensino frequentada. Nós fizemos o WES, mas existe mais de uma empresa aceita pelo governo federal do Canadá e a escolha deve ser com base na área de atuação e autoridade reguladora da função, visto que algumas profissões exigem o ECA emitido por uma empresa específica, como é o caso por exemplo, de medicina e farmácia.

Lembre-se de que esse primeiro passo é só um reconhecimento educacional, que poderá te dar a possibilidade de se registrar em um conselho de classe. Mas haverá mais requisitos.

Você pode obter o seu relatório de equivalência de diploma com uma das organizações designadas para ECA abaixo:
 
Como escolher uma organização designada?

Se você está aplicando:

  • Como médico especialista (NOC 3111) ou médico generalista / médico de família (NOC 3112).
    • Você deve fazer o ECA para o seu diploma de medicina com o “Medical Council of Canada (MCC)”.
  • Como farmacêutico (NOC 3131).
    • Se você precisa de uma licença para praticar (por exemplo, fornecer assistência à pacientes em uma farmácia comunitária, farmácia hospitalar ou outra função que envolva a prática da profissão), o “Pharmacy Examining Board of Canada (PEBC)” – deve fazer o seu ECA.
    • Se você estiver em uma posição na qual não precisa de uma licença (organizações como a indústria farmacêutica que exige um diploma de farmácia devido ao conjunto de habilidades e conhecimentos necessários, mas não exige uma licença para praticar a função), neste caso, você pode ter as suas credenciais avaliadas por uma das outras organizações ECA designadas.

Em caso de dúvida, deve-se entrar em contato com a autoridade reguladora da função na província onde você pretende viver para descobrir se você precisa de uma licença para praticar a sua ocupação pretendida.

  • Para demais profissões, verifique os sites das outras organizações para ECA designadas pelo CIC (listadas acima) e entre em contato com elas diretamente para entender qual melhor se adequa às suas necessidades.  É válido também considerar:
    • Algumas organizações designadas para ECA fazem parceria com certas autoridades reguladores/conselhos de profissão.
    • Antes de decidir, vale verificar se a autoridade reguladora da sua profissão aceita o certificado de reconhecimento da empresa designada para ECA que você escolheu.
    • Quais documentos você precisa, quanto vai custar e quanto tempo uma avaliação levará, podem variar conforme a empresa designada para ECA escolhida. 

Importante ressaltar que ao escolher a organização designada para ECA adequada, o mesmo certificado de equivalência do diploma poderá ser usado ​​no processo de registro com a autoridade reguladora da profissão; continuidade de estudos no Canadá (matrícula em universidades canadenses); e com o CIC para fins de imigração (candidatura para residente).

Fonte: cmec.ca / cicic.ca

Dependendo do resultado do relatório de equivalência “ECA” você já pode ser considerado um profissional graduado na área. Porém, para você ser considerado profissional licenciado para exercer a função (por exemplo: contabilidade ou engenharia), após obter o certificado de equivalência, é necessário solicitar o registro “license” no conselho responsável de sua província no Canadá. E para isso deve-se seguir os passos do conselho da sua profissão, que em geral envolve análise do histórico acadêmico e experiência de trabalho, que serão avaliadas para determinar como suas credenciais e experiência se comparam aos profissionais treinados no Canadá. Após essa fase pode ser necessário estudar o conteúdo respectivo e prestar a prova da autoridade reguladora. Algumas profissões exigem também uma entrevista e em casos específicos pode ser necessário realizar um curso e/ou estágio com o conteúdo específico daqui que não foi previamente coberto. Se aprovado você será considerado um profissional licenciado.

Como cada área pode variar, vale a pena acessar o link da sua área abaixo para entender melhor as regras da sua profissão em New Brunswick.

É possível encontrar maiores informações no website “Foreign Qualification Recognition and Regulated Occupations in New Brunswick

No caso da engenharia por exemplo, indivíduos com um diploma reconhecido de engenharia (Educational Credential Assessment) são conhecidos como engenheiros graduados (podem trabalhar na área mas não podem assinar o projeto), e um engenheiro licenciado pode assumir a responsabilidade por seu trabalho de engenharia, bem como a de outros engenheiros graduados (neste caso eles podem assinar o projeto).

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

Notificar
avatar
wpDiscuz