Sobre o Atlantic Immigration Pilot Program – AIPP 16


Muita gente está interessada no AIPP – Atlantic Immigration Pilot Program. Explicamos o AIPP quando o programa ainda não estava aberto e as suas categorias depois que ele abriu. Acredito que ele é um bom programa de imigração e que tem tudo pra dar certo, mas ao mesmo tempo acho que vale a pena falarmos um pouco mais sobre ele até pra ajudar a criar uma expectativa mais realista sobre o programa.

Trata-se de um programa piloto, recém lançado, que tem somente 2.000 vagas em 2017 para todas as 4 províncias e isso inclui os dois grupos de candidatos: trabalhadores e estudantes internacionais. Sabe-se que não existe uma divisão de vagas por grupo, mas vamos apenas imaginar que seja 50% – 50%. Ou seja, 1.000 vagas para trabalhadores e 1.000 para estudantes internacionais formados.

Eu acredito que para os estudantes internacionais formados este é um excelente programa. Quem veio pro Canadá como estudante em turno integral (full time), se formou nos últimos 12 meses e obteve um diploma em um curso de ao menos 2 anos (“college” ou “university”) em uma das instituições cadastradas no Canadá Atlântico, morou em uma das províncias do Canadá atlântico por pelo menos 16 meses nos últimos 2 anos antes de se formar e conseguiu um emprego na região, é um forte candidato.

Olhando  para o grupo de trabalhadores dentro do AIPP temos o “Atlantic Intermediate-Skilled Program” que exige 1 ano de experiência em uma função de qualificação C e o “Atlantic High-Skilled Program” que exige 1 ano de experiência em uma função de qualificação 0 A ou B e, em ambos os casos, é necessário uma oferta de trabalho de algum empregador cadastrado no programa.

Lembrando que a qualificação do candidato deve ser coerente com a oferta de trabalho, ou seja, para funções 0 ou A é necessário ter ao curso superior de ao menos 4 anos, para funções B é necessário ter um tecnólogo ou técnico aprendiz e para C é necessário ter segundo grau ou curso específico para função.

  • Skill Type 0 (zero) – management jobs.

    • examples: restaurant managers, mine managers, shore captains (fishing)
  • Skill Level A — professional jobs. People usually need a degree from a university for these jobs.

    • examples: doctors, dentists, architects
  • Skill Level B — technical jobs and skilled trades. People usually need a college diploma or to train as an apprentice to do these jobs.

    • examples: chefs, electricians, plumbers
  • Skill Level C — intermediate jobs. These jobs usually need high school and/or job-specific training.

    • examples: long-haul truck drivers, butchers, food and beverage servers

Em empregos qualificados como gerentes, nos quais é necessário passar alguma orientação aos demais, ou qualquer tipo de função que tenha algum tipo de relacionamento ao público, o domínio da língua é crucial.

Uma das “vantagens” muito faladas do programa seria o baixo requisito no nível de inglês, o que é muito bom para quem ainda tem dificuldade na língua, mas ao mesmo tempo é uma desvantagem pois, sendo realista, é baixa a possibilidade de um empregador oferecer uma vaga qualificada para quem não tem domínio da língua. Na regra do AIPP permite IELTS nível 4, mas na prática, um engenheiro ou um contador por exemplo, não tem condições de trabalhar aqui com esse nível de inglês. 

Claro que pode haver um caso particular, em que alguém tenha um grupo de habilidades muito específico e o empregador estaria disposto a flexibilizar, mas seria uma exceção. Eu particularmente acredito que quem quer um emprego qualificado deve se preparar e investir no domínio da língua.

Já para os que exijam qualificação C, sem atendimento direto ao público, tipo motorista de caminhão articulado, tosador, açougueiro, operador de equipamento/máquina pesada, trabalhador de barco pesqueiro, etc., é necessário um conhecimento prático muito específico, porém a língua não seria algo tão fundamental.

E é aqui que eu acho que as vagas para quem tem inglês não tão avançado serão oferecidas. Essa informação não foi oficialmente divulgada (e possivelmente são será), mas até por uma questão de bom senso, quem possui uma qualificação maior pode olhar outras opções de programas de imigração enquanto o AIPP é uma opção para alguns perfis mais específicos, e apesar de não divulgado, eu acho que é o que eles estão tentando fazer com o AIPP, trazer e reter pessoas na província, dando uma oportunidade para um grupo de pessoas que teria muita dificuldade em utilizar os outros meios.

Falando um pouco sobre as outras opções e programas, temos o programa federal Express Entry que é dividido em 3 grupos: Federal Skilled Worker Program, Federal Skilled Trades Program e o Canadian Experience Class. Além dos programas provinciais: New Brunswick Provincial Nominee Program (NBPNP), Nova Scotia Nominee Program (NSNP), PEI Provincial Nominee Program (PNP) e o Newfoundland and Labrador Provincial Nominee Program (NLPNP).

Não existe o “melhor” programa, todos os programas beneficiam os grupos para os quais foram criados. A melhor forma de escolher o programa de imigração mais adequado para cada um, é fazer um avaliação pessoal daquilo que você quer e a sua qualificação atual; fazer (e refazer se for o caso) o IELTS; buscar uma segunda (ou primeira) formação – seja ela dentro ou fora do Canadá – e entender o Express Entry, os programas provinciais e o AIPP.

Resumindo eu diria que pra quem já uma boa qualificação, IELTS (mínimo 6), ensino superior completo, experiência na área e atingir os 6 critérios de seleção, pode tentar o programa Express Entry – Federal Skilled Worker Program.

Aos que tem experiência em profissões especializadas (“trades”) dos grupos descritos abaixo, IELTS (mínimo 5), pelo menos 2 anos de experiência na área e uma oferta de emprego de tempo integral ou um certificado de qualificação na profissão especializada emitido por uma autoridade provincial ou territorial canadense, pode se familiarizar com o Express Entry – Federal Skilled Trades Program.

  • Major Group 72, industrial, electrical and construction trades,
  • Major Group 73, maintenance and equipment operation trades,
  • Major Group 82, supervisors and technical jobs in natural resources, agriculture and related production,
  • Major Group 92, processing, manufacturing and utilities supervisors and central control operators,
  • Minor Group 632, chefs and cooks, and
  • Minor Group 633, butchers and bakers.

Pra quem já tem 1 ano de experiência profissional no Canadá, IELTS adequado ao NOC da experiência, dá pra tentar o Express Entry – Canadian Experience Class.

Pra quem tem algum vínculo com uma das províncias marítimas do Canadá; estudou e se formou (college/university) ou trabalhou na província, pode tentar entender se é elegível ao programa provincial.

No caso de estudantes, depois de formados, é possível solicitar o PGWP e após um ano de trabalho no Canadá candidatar-se no Express Entry.

No meu processo de residência permanente estudei muito todas essas opções e o nosso processo está sendo descrito detalhadamente, mas esse foi o meu trajeto. Há muitas outras opções. Se vocês acharem válido, posso detalhar cada um dos programas provinciais do Canadá Atlântico além dos grupos do Express Entry sobre os quais comentei acima.

Deixe um comentário

16 Comentários em "Sobre o Atlantic Immigration Pilot Program – AIPP"

Notificar
avatar
Adriano Brito
Visitante

Esses cursos de graduação tecnológica de 2 anos e meio serviria para o AIPP?

Ferdinando
Visitante

Ótima publicação … eu mesmo Ainda tenho dúvida de qual seria a melhor forma para me aplicar a tentativa de imigração. Ainda não apliquei IELTS, mas pretendo conseguir no mínimo 6, esse é meu objetivo, sou formado em ensino superior, com especialização na área, tenho 4 anos de experiência na área como função equivalente a gerente (experiência no Brasil), sou casado, tenho 29 anos (terei 30 ano que vem, sendo o ando que pretendo ir para o Canadá), sem filhos. Atualmente penso em aplicar SP+OWP (eu e minha esposa) para que eu estude inicialmente e ela a posteriori.

Flavia Pereira
Visitante

Ola Black Flamingoes,
Meu nome é Flavia, tenho 41 anos, casada, 1 filho e estamos nessa saga do Canada a 2 anos. Pois bem, estamos na segunda negativa do visto ( 1 no ano passado e outra no inicio desse), semana que vem espero o resultado da terceira, porém se vier negado novamente o plano seguinte sera mudar a Provincia e estou muito interessada no AIPP para New Bruswick. Encontramos esse blog e tenho lido bastante. Minha pergunta é bem simples e acho que ate boba, mas so para ver se entendi bem. Fala-se muito nesse plano do employer, nesse caso eu me cadastro ou aplico para alguma empresa e aguardo o interesse deles?
Obrigada por todo conteudo e aguardo sua respota.

Flavia Pereira

Keyth Bernardo
Visitante

Olá! Primeiro gostaria de parabenizar o blog, muito completo e claro! Obrigada!

O que vocês acham do nosso perfil para o AIPP de New Brunswick?
Meu marido como principal, 33 anos – Formado em Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas (2 anos e meio) e mais de 5 anos de experiência. Inglês intermediário para os dois. Eu sou formada em Tecnologia em Gestao de RH mas a experiência é 10 anos em adm. Temos dois filhos: 5 anos e 1 ano.

Acham que é um bom perfil para tentar emprego e conseguir aplicar?
Obrigada!

wpDiscuz